Entenda como funciona o orçamento de obras industriais - Lamb Construções e Engenharia

Entenda como funciona o orçamento de obras industriais

Quando surge a demanda de um projeto de construção de grande porte evidenciam-se, também, diversas dúvidas sobre o processo de orçamentação e precificação do empreendimento.  Os fatores que impactam no custo final do projeto, juntamente com as etapas do mesmo, tendem a ser as incertezas mais frequentes. Caso essas também sejam dúvidas suas, confira o artigo e entenda melhor a estrutura de um orçamento de  obras industriais.

O que compõe um orçamento de Obras Industriais

Um orçamento de obras industriais constitui-se do somatório de todos os custos que envolverão aquela construção, tais como: mão de obra, materiais, equipamentos, locações, equipe técnica, projetos e demais itens e componentes necessários para a execução do projeto em seu todo. Para evitar erros e retrabalhos na etapa orçamentária, é de suma importância o minucioso detalhamento de todos os itens que envolvem as atividades que contemplam o orçamento.

A etapa de orçamento é precedida, entretanto, da etapa de definição de requisitos e plano de necessidades do cliente, na qual são detalhados todos os itens a serem atendidos com a execução deste novo empreendimento. É nessa etapa, por exemplo, em que se detalharão informações como, por exemplo, as abaixo:

  • Qual a carga de piso a ser considerada?
  • Qual o nível de iluminação que deverá ser atendido?
  • Qual o nível de isolamento térmico e acústico que o projeto deverá atingir?
  • Quantas renovações de ar por hora deverão ser atendidas?

Essa etapa inicial, muitas vezes negligenciada, é a que definirá o nível técnico da edificação e, por consequência, boa parte de seu custo, dado que depois de definidos os parâmetros, o preço é apenas um reflexo das definições previamente tomadas. Esta fase pode ser conduzida por uma construtora especializada no tipo de empreendimento orçado e também pode ser auxiliada por arquitetos e projetistas que tenham domínio técnico da obra que será executada.

É durante a definição dos requisitos que a maior parcela do custo total do empreendimento pode ser impactada, resultando em custos maiores ou menores, conforme demonstra o gráfico abaixo. As etapas de “Concepção do Projeto” e “Projeto”, que estão abarcadas na etapa de “Definição dos Requisitos”, citadas acima, são então as etapas onde grande parte do custo pode ser influenciado. Isso se dá, pois, o custo de construção é mero reflexo de decisões previamente tomadas e, por isso, é imprescindível a correta definição de requisitos e necessidades por parte do cliente, com auxílio da construtora, que domina variáveis técnicas que auxiliam a decisão do cliente.

orçamento de obras

Fonte: HAMMARLUND, Y e JOSEPHONSON, P.E.
Qualidade: cada erro tem seu preço. Trad. De Vera M.C.F.Hachich. In. Téchne, São Paulo, nov/dez.1992

Transcorrida a etapa de definição de necessidades inicia-se então a etapa orçamentária propriamente dita. Para tal etapa, algumas informações técnicas podem ser necessárias, a depender do tipo de empreendimento, conforme exemplos abaixo:

  • Levantamento Topográfico;
  • Sondagem Geotécnica;
  • Projetos Arquitetônicos e complementares;
  • Memorial descritivo;
  • Demais estudos conforme necessidades específicas do empreendimento;

De posse das informações acima, o empreendimento será quantificado em sua totalidade, gerando então cálculos resumos de materiais, serviços e insumos diversos que serão aplicados na construção.  Será analisada, também, a equipe necessária e produtividade esperada, agregando-se a isso a equipe técnica e administrativa que serão necessárias para realização da obra.

Da análise das informações recebidas será realizada a quantificação do empreendimento e daí resultará também toda a Estrutura Analítica do Projeto (EAP), que é uma estrutura hierarquizada de todas atividades que serão realizadas no empreendimento, elencando-as em ordem lógica de execução e sendo este também o documento base para a fase de planejamento e controle do empreendimento, quando iniciado. Será neste documento que estarão refletidos os serviços que serão realizadas, suas ordens e etapas, suas quantidades e composições de preços e produtividades esperadas, permitindo com isso, também a emissão de relatórios de Curva ABC de custos, Cálculos de Produtividade, listagem de materiais e outras informações mais.

Serão gerados, também no processo de orçamento da obra, cálculos detalhados de quantidades, custos, composições de produtividade e alocação esperada de mão de obra (seja própria ou terceira), equipe indireta (engenheiros e técnicos outros) alocada no canteiro, definição de atividades de fluxo necessárias e análise da matriz de risco do empreendimento, listando os principais pontos de atenção e riscos a serem gerenciados no projeto.

A quantificação dos materiais e insumos para a estruturação dos orçamentos é feita a partir das informações disponibilizadas nos desenhos emitidos pelo projetista. Dali sairão as dimensões e especificações técnicas que determinarão o tipo de material a utilizar e a correta técnica de execução de cada espaço da obra.

Construtoras, como a Lamb, que possuam experiência na realização de obras industriais, corporativas e comerciais de grande porte, podem auxiliar também nesta etapa, com diretrizes e orientações que poderão guiar a tomada de decisão dos projetos do empreendimento.

No entanto, um orçamento de obras de grande porte não se resume apenas à determinação de preços. Servirá também, após a contratação da construtora que irá executar o projeto, como embasamento para importantes etapas do projeto, sendo elas:

  • Planejamento de Compras;
  • Definição das equipes alocadas para cada fase;
  • Indicadores e Métricas de Acompanhamento da evolução da obra;
  • Cronograma físico-financeiro do projeto.

São as informações coletadas na etapa de orçamento e o trabalho inicial bem realizado, portanto, que garantem o sucesso das etapas subsequentes, que tem origens todas na etapa de orçamento.

Essa é uma das razões pela qual é fundamental que a etapa de orçamento seja bem realizada e tenha sido prevista para esta etapa um tempo adequado de trabalho, que usualmente é de 30 dias, de forma que a informação toda seja corretamente gerada, garantindo assim um orçamento acurado, e, mais ainda, subsidiando de informações todas as etapas seguintes do empreendimento, tal qual as citadas acima. Erros nessa etapa, por isso, comprometem, normalmente, todas etapas subsequentes.

Etapas de orçamentos de obras industriais de grande porte

Se tratando de orçamento de uma obra de grande porte, não se pode resumi-lo a uma simples planilha com números, listas e fórmulas. Esse trabalho é seguido por processos e métodos rígidos, com um fluxo de trabalho definido e com o envolvimento de diversos agentes, tais como projetistas, fornecedores, agentes públicos, colaboradores, empresas terceirizadas, consultores e outros, todos sob coordenação da construtora.

Na etapa de orçamento a utilização de um sistema ERP pela construtora para levantamento de quantitativos, lançamento de informações como preços, quantitativos e outros é também fundamental para garantia da qualidade final do orçamento, garantindo que o mesmo siga um processo e método definido, e ainda dando agilidade no fluxo de trabalho, servindo também toda informações organizada no ERP nas etapas subsequentes do empreendimento, conforme veremos a seguir.

Em suma, o processo de orçamentação é composto, geralmente, de três grandes etapas. Conheça-as abaixo.

1. Estudo das condicionantes (condições de contorno)

Momento no qual são feitas análises e leituras dos itens e especificações que norteiam o projeto.  São identificadas as condições determinantes que interferem no custo final da obra, tais como: os serviços necessários, as quantidades, o grau de complexidade da obra, os riscos do projeto, o tempo de execução de cada tarefa, entre outros. Para isso, o orçamentista executa as atividades:

a) Leitura e interpretação do projeto: plantas, vistas, perspectivas, tabelas, detalhes, entre outros.

b) Leitura e interpretação das especificações técnicas: descrição qualitativa de materiais, tolerância dimensional de elementos estruturais, grau de compactação para o aterro, entre outros.

c) Leitura e interpretação do edital: prazos, responsabilidades em caso de atraso, critérios de medição, política de preços, jornada de trabalho, entre outros.

d) Visita técnica: retirada de dúvidas, coleta de dados complementares para o orçamento, registro fotográfico do terreno, entre outros.

e) Definição de soluções técnicas: definição e orçamentação da melhor solução técnica para o empreendimento, considerando-se as premissas de prazo, custo e qualidade que devem ser atendidas.

2. Identificação de custos quantitativos

  1. O custo total do orçamento é a soma do custo orçado separadamente para cada um dos serviços integrantes da obra.De maneira objetiva, o levantamento de quantitativos é composto pelo conjunto de cálculos baseados nas dimensões precisas fornecidas no projeto.  Dividem-se em:

    a) Custos Indiretos – Os custos indiretos não estão diretamente associados aos serviços no canteiro de obras, mas são indispensáveis para que estes serviços possam ser feitos. Um bom exemplo são os custos da equipe técnica e administrativa da construtora, que dá todo o suporte para a obra, tal como engenheiros, técnicos e staff administrativo de controle.

    b) Custos diretos – Aqueles associados aos serviços no canteiro de obras. Abrangem os insumos com as respectivas quantidades necessárias para a realização de uma unidade do serviço, o valor proveniente dos cálculos, da cotação de preços e da aplicação dos custos de mão de obra e dos encargos.  Todas essas informações deverão estar refletidas na EAP do empreendimento, já citado acima.

3. Determinação do preço

Nesta etapa, por fim, são definidos os preços, levando em conta todos os dados levantados nas etapas anteriores.  Os preços consideram o cenário econômico, os riscos do projeto e outras variáveis de forma que sejam acrescidos ao custo componentes como expectativas inflacionárias, taxa de risco, tributos e outros custos para a venda do projeto. Todas essas variáveis farão parte do Benefícios e Despesas Indiretas (BDI), que será uma taxa acrescida aos custos previamente levantados para o empreendimento, que cobrirão riscos, remunerações, inflação e as variáveis antes citadas.

Cabe destacar que em projetos de construção de obras industriais, corporativas e comerciais o preço final não pode ser a única variável para decisão da construtora executante do empreendimento. A expertise da mesma nos tipos de obras executados, a qualidade do orçamento e das informações levantadas e apresentadas, e a certeza de que todos os itens de escopo estejam atendidos, aderentes à necessidade do cliente e com real viabilidade de serem cumpridos, e contidos na EAP e na formação de preço ofertado, devem ser critérios ainda mais importantes que o preço informado, pois são os fatores que permitirão a certeza do cumprimento integral do contrato atendendo aos critérios definidos pelo cliente.

A contratação de construtoras que apresentam orçamentos equivocados, por mais que pareça ser uma escolha financeiramente vantajosa, pode comprometer a qualidade final do projeto.

Aqui cabe uma informação importante: um orçamento de obras industriais bem realizado demanda, em média, 30 dias de trabalho, e por vezes, quando se dispõe de prazos menores, a qualidade do orçamento pode ser comprometida.

A Lamb Construções ao longo de seus mais de 30 anos de história, desenvolveu expertise em orçamento, planejamento e execução de projetos de construção de obras industriais, corporativas e comerciais dos mais diversos setores, como a área industrial, petroquímica, hospitalar e de alta tecnologia.

Assim, dado nossa expertise, nossos orçamentos possuem grande assertividade, contemplando toda a estrutura necessária para a entrega de um projeto com excelência, atendendo a todos os pré-requisitos técnicos de nossos clientes, sem surpresas e percalços financeiros no meio do caminho.

Essa é, aliás, uma conduta totalmente alinhada ao posicionamento estratégico da Lamb, cuja visão é “Atuar e ser reconhecida nacionalmente, até 2020, como uma construtora de excelência em projetos, planejamento, gerenciamento e execução de empreendimentos”.

Conheça o portfólio de obras industriais da Lamb Construções e Engenharia.